João Pessoa

João Pessoa é reconhecida nacionalmente por sua bela costa litorânea, suas paisagens naturais e por seu patrimônio histórico e cultural, sendo a terceira capital mais antiga do país. Da rica diversidade de suas manifestações culturais, o artesanato e as habilidades manuais se configuram como um dos principais destaques, especialmente com a criação do Projeto João Pessoa Artesã (JPA).

Inserido no novo contexto da economia criativa, o JPA assume o artesanato dentro de uma nova proposta conceitual no uso de artefatos e matérias primas, que transcendem a arte produzida na cidade para outras escalas, seja no cenário nacional ou internacional. O principal exemplo dessa transformação está no trabalho desenvolvido, junto com outras instituições, no projeto Sereias da Penha, que mudou a relação de pescadoras com os objetos que estavam ao seu redor.

A UNESCO

Foi a partir de exemplos assim, e diante da perspectiva real de promover a autonomia e o empreendedorismo por meio do artesanato, que João Pessoa se candidatou à Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Criada em 2004, a Rede possibilita a cooperação entre cidades que identifiquem a criatividade como fator estratégico para um desenvolvimento urbano sustentável.

Ao todo são 264 cidades, de mais de 70 países, das quais 10 são brasileiras.

Cidade Criativa

Em outubro de 2017, João Pessoa foi selecionada como a primeira capital brasileira reconhecida pela riqueza do artesanato e da cultura popular. A capital paraibana conquistou esse lugar após apresentar um rigoroso dossiê, detalhando sua política cultural, sua capacidade de atrair e manter capital financeiro e humano de qualidade, seus planos e projetos de futuro, com o compromisso do poder público em sua execução.

Sendo a única do segmento de artesanato e arte popular, até o momento, entre as dez cidades brasileiras, João Pessoa se tornou a principal janela de comercialização desses produtos. Ganhou, ainda, auto-estima, acesso às melhores práticas de desenvolvimento urbano sustentável e duradouro, possibilidade de cooperação técnica das outras 246 Cidades Criativas ao redor do mundo, além de receber convites para exposições e eventos internacionais, permitindo uma projeção jamais sonhada para os artistas locais.

Nosso Propósito

Mais do que conhecer as melhores práticas, a capital paraibana se propõe a ser um dos palcos para esse intercâmbio, estimulando novas propostas para o artesanato brasileiro que gerem oportunidades de trabalho, promovam transformação social e a conquista efetiva de novos direitos. Além disso, vem desenvolvendo ações nas sete áreas da economia criativa, segundo classificação da UNESCO: 

Arte Digital
Artesanato
Cinema
Design
Gastronomia
Literatura
Música

Promovendo a transversalidade entre instituições, convergindo práticas inovadoras e criativas, que irão fomentar a economia local de forma sustentável, atendendo ao compromisso firmado, a partir do ingresso do município de João Pessoa na Rede de Cidades Criativas.

 

Conheça nossas ações